Páginas

domingo, 20 de maio de 2012

DESVENDANDO 1 SAMUEL 28 - O REI SAUL CONSULTA UMA ADIVINHA




            Saul, um homem da tribo de Benjamim (uma das menores tribos de Israel), fora escolhido e ungido por Deus para reinar o povo israelita. Foi o primeiro Rei de Israel. De acordo com as escrituras, Saul era formoso de boa estatura e tinha eloquência em sua fala, porém era religiosamente frio, pois não valorizava as coisas divinas. Vivia de aparência, buscando aplausos de multidões, agradando aos homens e não a Deus. (1 Samuel. 9).

Em 1 Samuel 28, relata que em uma ocasião na qual o Rei Saul fora ameaçado pelos Filisteus, que haviam se levantado contra Israel, ele foi tomado pelo medo, e podemos definir que medo e fé são opostos. O servo fiel busca a Deus que o instrui acerca do que há de fazer. (Isaías 28.26). Neste texto, vemos a conseqüência do medo (ou falta de fé) na atitude tomada por Saul, pois não obtendo resposta de Deus (que não falava mais com ele, por causa de sua desobediência, nem mesmo através do Profeta Samuel) procurou então, uma feiticeira para obter resposta.

Samuel já havia morrido, e será que este volta para falar com Saul? 
Depois do Profeta morto o Rei se interessa falar com ele?

Lembremos da passagem do Rico e Lázaro de Lucas 16.
O rico em tormento ergue os olhos e vê ao longe Abraão em seu seio e este clama por misericórdia e implora para que Abraão mande Lázaro ir até ele para que o ajude, e Abraão responde que é impossível, pois existia um abismo entre eles, que os separava.

“Então disse Saul aos seus criados: Buscai-me uma mulher que tenha o espírito de feiticeira, para que vá a ela, e consulte por ela. E os seus criados lhe disseram: Eis que em En-Dor há uma mulher que tem o espírito de adivinhar. (1 Samuel 28:7).

         
Sabemos pela palavra de Deus que esse tipo de trabalho não é correto, e sim uma proibição divina. Pois neste tipo de trabalho não se trata de um espírito humano e sim espíritos malignos. (1 Tm 4.1). As religiões pagãs têm procurado manter essa forma de contato. Porém a Bíblia proíbe terminantemente. (Ex 22.18; Lv. 19.31; 20.6-7; Dt 18. 10-12). Pois todos os mortos estão sob a responsabilidade de Deus, (Ec 12.7). Jesus tem a chave da morte e do inferno (Ap 1.18).

Quando alguém procura contato com o espírito dos mortos, é enganado pelo demônio, pois só ele aparece como um espírito de mentira, (I Reis 22.22). Imita aquele cujo espírito está sendo invocado, conforme a doutrina dos demônios. (I Tm 4.1).  Essas invocações constituem as profundezas de satanás (Ap 2.24), e fazem que creiam  na mentira (II Ts 2.11) foi o que aconteceu quando Saul procurou a feiticeira ( I Sm 28.10-19).

Vemos então, que Saul procurou algo que não era o correto, embora diga o texto que Samuel falou a Saul. Sabemos também que, Saul como Rei não andava sozinho, havia uma comitiva com homens que o acompanhava e não se tratava de pessoas religiosas, e sim, de crentes apostatados da fé, que acreditavam no erro. Por isso dá a entender tão convincente de que era Samuel que ali falara.

Mas no transcorrer do texto, nós vemos que não há possibilidade de ser Samuel, embora houvesse sinceridade por parte daquela mulher, porque há pessoas sinceras, porém enganadas que tomam caminhos diferentes do qual queriam tomar.  Lembremos da jovem de Atos16, que também possuía um espírito de adivinhar, e ali por vários dias ela dirigia palavras lisonjas á Paulo, e aquilo o incomodava. (embora a atitude da jovem fosse sincera, era reprovada por Deus). E Paulo com autoridade do Espírito Santo expulsou o espírito maligno em nome de Jesus. Vemos aqui  um exemplo bíblico que reprova esse tipo de atitude, como da mulher que o rei Saul foi procurar.

Há vários argumentos Bíblicos para provar que não era Samuel, embora esteja escrito na Palavra. Quero ressaltar que este relato, não foi escrito por Samuel, pois ele já havia morrido. Possivelmente foi o Profeta Natã quem escreveu o restante do livro, lembrando que, até o capítulo 24 foi o próprio Samuel quem escreveu. Mas no versículo 15 deste capítulo que estamos meditando diz que vindo Samuel falar com Saul, este então queria saber a cerca da peleja, se iria obter-lhe êxito ou não.  Diz assim: “Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te chamei a ti, para que me faças saber o que hei de fazer. (1 Samuel 28.15)

Coisa interessante, Saul buscando Samuel para quê este mostre o que lhe deva fazer. Primeiramente nós vemos neste verso que Saul começa dizendo: “Deus se tem desviando de mim, e não me responde mais...”, Pois bem, se Deus não respondeu acabou. Como é que o Profeta Samuel sendo um homem de Deus, já morto, poderia responder? Sendo que o próprio Deus não quis falar nada a Saul    - Se nem pelo Urim que é a revelação sacerdotal, e nem por sonhos, que é a revelação pessoal, e nem pelos Profetas que é a revelação inspirada, poderia agora Samuel lhe responder? Jamais.

Outra coisa interessante é que Samuel nunca transgrediu as leis de Deus em vida, em nenhum momento, pois era um homem integro e fiel ao Senhor. Não poderia ele voltar, porque os espíritos dos mortos são imateriais e não podem interceder ou orar pelos que vivem na terra ou no céu, há somente um mediador (I Tm 2.5). Tampouco poderão ser portadores de mensagens, ou evangelizar os que permanecem no mundo.

 O pedido do homem rico, de que Lázaro fosse enviado para advertir seus irmãos, não foi atendido: “Pois eles têm Moises e os profetas, ouçam-nos” (Lucas 16.29). A única missão que os mortos terão no Paraíso será louvar a Deus e atender aquilo que Deus lhe ordenar (Ap.5.10; 7.15; 20.6). Está aí mais uma posição que jamais Samuel viria falar com Saul.  Pelo argumento gramatical, vemos que houve a impossibilidade de ser Samuel, pois diz o texto que o Senhor não havia lhe respondido e se não respondeu pelos ministérios agora pela necromancia? Pois ali, o Rei Saul estava buscando a necromancia e não a Deus.

Na verdade na interpretação Bíblica, vemos que Urim que é a revelação sacerdotal, ou sonhos, ou profecias eram os meios do homem receber orientação de Deus. Mas Deus não falou e não falava mais com o Rei Saul, porque ele e o seu reino já haviam sido reprovados pelo Senhor.

No argumento doutrinário, vemos que consultar espíritos de pessoas já falecidas é condenável pela bíblia (Dt. 18.10-14). Deus rejeita os tais que assim procedem e não podemos aceitar que essa profecia foi mesma de Samuel. Se aceitarmos, cria-se uma nova doutrina, que Deus pode usar o homem ímpio para revelar as coisas divinas. Pra que então, vamos buscar a Deus? Buscar unção de Deus pra Ele revelar os seus mistérios e assim pregarmos a Sua Palavra, se Deus usa o ímpio pra essas coisas? De modo que isto não procede de maneira alguma.

Além disso, sabemos que a profecia deve passar por um exame. A Bíblia diz que toda profecia deve ser julgada (I Jo 4). E se julgassem essa profecia, certamente não passaria. Vemos vários pontos na passagem que lemos que a profecia não se cumpriu verdadeiramente. Por exemplo, a resposta de Samuel a Saul. A profecia disse que o rei seria entregue aos Filisteus, coisa que não aconteceu, ele se suicidou. Outra coisa interessante também foi que a profecia falou no outro dia.  “amanhã" você e seus filhos vão estar junto comigo”.

Bem, nós sabemos qual o caminho que  o justo segue , e também qual o caminho que  o ímpio toma. Vamos novamente à história do “Rico e lázaro”, quando Cristo conta que o rico foi para o hades e Lázaro para o seio de Abraão, onde possivelmente Samuel estaria. E Saul não poderia ir para junto do Profeta pelo caminho que tomou.. Outro ponto é “amanhã” que a profecia disse, pois não aconteceu no dia seguinte e sim dias depois. Com toda esta história podemos ver que Deus permite que satanás engane aqueles que não querem seguir a verdade. (I Ts 2.11-12). Porém todo aquele que anda nos caminhos do Senhor, este é abençoado, Deus fala com ele ministra Sua Palavra e é vitorioso.

Vemos claramente, nesta passagem que não foi o Profeta Samuel quem falou e sim espíritos enganadores. Como um ventrículo, o boneco se apresenta, mas é outro por detrás que está falando. Nas consultas aos mortos é a mesma coisa, os espíritos malignos descem, fazendo-se de espíritos familiares. Pessoas que assim são enganadas porque não buscam a Deus verdadeiramente. Os contatos com os mortos são reprovados por Deus, condenados pela Bíblia. O homem não pode buscar estas coisas, pois não estaria falando com espíritos familiares e sim, com espíritos malignos, enganadores. (Hb 9.27; 1 Reis 22.22).


A profecia disse que o Rei Saul iria perder a batalha, como de fato perdeu. Como o espírito que estava sendo invocado sabia disso? Sabia, porque nas ocorrências dos acontecimentos dava a entender que naquela peleja Saul iria ser derrotado. Um dos fatos mais evidente era exatamente sua rebeldia para com Deus. Vemos então, que o Rei Saul não foi entregue aos filisteus e não morreu no outro dia, como a profecia disse. Assim comprova essa exatidão, pois satanás não possui onisciência. Somente Deus, pois Ele é Onisciente.

Meus queridos, a nossa confiança tem que estar em Deus, único espírito, único Ser que tem condições de se manifestar de nos abençoar e de nos instruir. Pois é o  Espírito Santo de Deus que está aqui na Terra, que está na minha vida, na sua vida e na vida daqueles que aceitam Cristo como Salvador  é que convence o homem do pecado, da injustiça e do juízo. (João 16.8). É Deus que instrui  toda a nossa vida cristã, para uma vida abençoada e vitoriosa!

Vemos então, neste estudo que é condenável qualquer consulta a pessoas que já faleceram, pois não podem vir.  É impossível isto acontecer. (Ler 1 Reis 22.22; 1 Tm 4.1; Ap. 2.24). Por isso Deus proibiu (Dt. 18.10-14), porque seria consultar espíritos malignos, familiares que acompanham a todos nós, pois ele conhece você, eu e ouve tudo, para trazer esse tipo de engano, levando o homem à mentira. Sim, aqueles que não querem seguir a verdade. Mas aqueles que seguem a verdade servem a Deus verdadeiramente, recebem a vitória das mãos do Senhor. Vive uma vida de devoção piedosa e de comunhão plena com Jesus!

Não seja como Saul, não busque as coisas da carne, coisas terrenas de aparência humana. “Não sejas bom para agradar homens, mas seja bom para agradar a Deus” Conseqüentemente você vai refletir a luz de Deus, como refletiu Estevão, o seu rosto brilhava como de um anjo. Você será realmente uma pessoa abençoada. Lembremos que a mudança no interior do homem produz a mudança no seu exterior, sem dúvida alguma. Não acredito que Deus muda, transforma o homem no seu interior, e nada no seu exterior, deixando do mesmo jeito, isso é heresia, pois a bíblia diz: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo”. (2 Coríntios 5.17).

Quando alguém se entrega a Cristo, este deve entregar-se de corpo, alma e espírito.  Uma pessoa realmente convertida ao Senhor, ela é transformada no seu exterior, pois permitiu que Deus realizasse uma obra no seu interior e assim refletiu no seu exterior. A Bíblia diz: “Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua vontade”. (Filipenses 2.13).   

Sejamos um crente fiel e cheio do Espírito Santo, que vemos a Glória de Deus e buscamos Nele todas as coisas. Assim teremos um final de vitória. Pois não foi o caso de Saul, que seu fim foi de derrota e miséria.
         

            O espírito maligno disse que o rei Saul iria ser entregue aos filisteus, e morreria no outro dia e isso de fato não aconteceu. Sendo assim, fica comprovado que realmente foi um espírito de engano que atuou.


            Seja um crente fiel
            Seja um crente vitorioso!


  Deus abençoe a todos
  Edna Caetano



15 comentários:

  1. Você já declarou a sua fé em Jesus, hoje? Ainda não? Bem, então você precisa conhecer o projeto que está sacudindo as redes sociais brasileiras e acendendo a luz de Cristo em todos os lugares do país. O site http://feemjesus.com.br/
    é uma revolucionária ferramenta que pretende reunir todos aqueles que crêem em Jesus na internet.

    Com apenas alguns cliques, você se cadastra e anuncia a sua fé. Vamos fazer uma força única e cumprir a missão de Jesus. Com apenas alguns cliques, você acende a luz daí mesmo onde você está. Não se envergonhe da palavra da salvação. Vamos mostrar ao mundo o poder do evangelhoe proclamar a verdade. Declare sua fé, acenda uma luz!


    "Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus."
    Mateus 10:32

    ResponderExcluir
  2. Fiquei com uma duvida,se Saul suicidou,entao ele nao era salvo,porque eu aprendi que Deus nao tira a salvaçao depois que ele deu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, é possível sim ter seu nome riscado do livro da vida. Quando Moisés falou para Deus riscar o dele, o Senhor diz que risca o de quem ele quiser.

      Excluir
  3. "anonimo " nao entendi sua duvida, pois se vc obteve a salvaçao, senao vigiare pode perde-la. devemos"lutar ate o fim" por nossa coroa.

    ResponderExcluir
  4. quando vc aceita jesus o seu nome e escrito no livro da vida e vc ganha a salvaçao,eu creio que Deus nao toma o que ele te da ,vc pode ate desviar mas uma hora vc volta para presença dele.Deus nao vai escrever e apagar seu nome do livro da vida cada vez que vc fraquejar.por isso eu penso que saul nao era salvo ,porque se fosse jamais teria cometido suicidio.entendeu!!!!

    ResponderExcluir
  5. na verdade....., tudo é questionável, da veracidade dos escritos bíblicos á comprovação de vida após a morte, nunca saberemos sobre o pós morte, e como funciona os universos paralelos que circundam o nosso,......... quem criou tudo isso aqui, criou também o mal que aflige as coisas que estão aqui em nosso planeta, e podem ter certeza que os criadores disso tudo, manipulam como bem entendem tudo o que existe nesse plano. Os religiosos explicam pela religião, os céticos abrem dúvidas, mais os sábios se calam... reflitam e vivam a vida a cada dia sem pensar naquilo que não foi nós que fizemos, pois antes da gente existir aqui, nosso espírito já existia em outro lugar, e se nem isso somos capazes de saber.. imagine o resto.

    ResponderExcluir
  6. Na verdade não somos nós quem aceitamos a Cristo e sim ele quem nos aceita. Antes de Jesus relaciona-se conosco, a bíblia diz que estávamos mortos em nossoas trangressões, ou seja, alguém que está morto espiritualmente pode fazer tal escolha? É o próprio Deus quem nos desperta de uma conciência morta em pecados e nos justifica através do sacrifício de Cristo na Cruz(Propiciação).. DEus abençoe a todos....

    ResponderExcluir
  7. Peço que leiam a postagem que fiz a respeito desse assunto... olha só, acredito que realmente Samuel falou a Saul, é a própria palavra que diz e nessa postagem coloco os argumentos para isso.. demônios não prevem o futuro e falam contra a palavra de Deus... não podemos duvidar da grandeza de Deus pois ele pode usar sim uma situação como essa para cumprir o seu propósito afinal ele é o Deus do impossível... http://igrejadecristodesperta.blogspot.com.br/2013/08/o-espirito-de-samuel-realmente-apareceu.html

    ResponderExcluir
  8. Quero agradecer ao responsável por essa aula maravilhosa pois tirei uma grande duvida que o Espirito Santo de Deus vos abençoe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém! Deus te abençoe querido irmão Eder.

      Excluir
  9. ORAS ESTÁ MAIS DO QUE CLARO EM SAMUEL 28-13 A PRÓPRIA MULHER DIZ O QUE VÊ AO SER QUESTIONADA POR SAUL, OU SEJA: "E O REI LHE DISSE: NÃO TEMAS; QUE É QUE VÊS? ENTÃO A MULHER DISSE A SAUL: VEJO deuses QUE SOBEM DA TERRA" ESTES deuses SÃO DEMONIOS QUE SE PASSARAM POR SAMUEL. ABRAM OS OLHOS IRMÃOS A PALAVRA ESTÁ NA NOSSA FRENTE!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Sabe de nada Inocente"

      Excluir
    2. Irmão o Espirito Santo te usou tremendamente na sua responta e deu um ponto final na discursão.... afinal em I Sam 28:14 Saul entendeu que era Samuel... não quer dizer que realmente era Samuel. Que o nosso Senhor posso nos dar entendimento da sua palavra,amém.

      Excluir
  10. Samuel estaria no seio de Abraão?
    O episódio não está contado por completo. Sugiro os leitores que não leiam por partes e sim tudo a respeito do episódio. As desobediências de Saul foram várias, porém de gravidade duvidosa. Numa delas - absurdamente a mais relevante - Samuel, que era uma espécie de porta-voz espiritual de Saul, transmitiu a seguinte ordem para ele: (1Samuel 15-3)
    Saul foi lá, combateu o povo, destruiu o que pôde, porém, poupou a vida de Agague, rei de Amaleque. Porém este ato de perdão, foi tido por desobediente. Na sequência, Samuel repreendeu Saul e matou Agague friamente. A Bíblia relata assim:(1Samuel 15-10 e 11). Leia também 1Samuel 15-19; 1Samuel 15-26; e o mais forte, após a repreensão a Saul, Samuel mandou trouxessem à presença o prisioneiro, o rei Agague, e praticou o homicidio (1Samuel15-33).
    Para quem quer entender tem que ler tudo.
    Primeiro chamo atenção para o "arrependimento" de Deus. Dá para acreditar numa coisa dessa? Deus se arrependendo de uma escolha Dele, mal feita? Onde fica sua onisciência? Sua infalibilidade? Quem erra e se arrepende do que faz não pode ser Deus. Daí já se deduz que a palavra que veio a Samuel não foi de Deus. Logo, tudo está relacionado com esse deus de Samuel é, no mínimo, discutível.
    Segundo, peço que veja que Samuel alertou Saul de que, diante da desobediência, o Senhor já o havia rejeitado, como Rei de Israel. Ou seja, Deus não o queria mais como Rei. Logo, foi com aquele ato (o perdão a Agague) que Saul perdeu o Reino. Samuel despedaçou Agague perante o SENHOR, em Gilgal (1Samuel,15-33).
    Temos aí Samuel, um homem que dizia receber a Palavra de Deus, cometendo friamente um homicídio com requinte de ironia e crueldade. É verdade que em favor de Samuel, devemos trazer os atenuantes daquele trágico ato, que consistem na sua lealdade às suas crenças e na sua pouca condição espiritual de compreender Deus. Ele, como médium, se comunicava com um espírito a quem ele atribuía ser o próprio Deus.
    disse tudo isso só porque ví que foi dito que Samuel foi estaria no seio de Abraão. Quanto a comunicação, ele Samuel não estava a altura de acertar o dia e a hora, mas que Saul se deu mau se deu. Esse negócio de salvação é muito discutido e o povão aceita que tudo seja com facilidades assim como fazem aqui na terra. Eu costumo dizer que não estou salvo e que Jesus não salva ninguém se o cara não fizer por onde. Dizer que aceitou Jesus depois de ter praticado: crimes, roubos, desviado dinheiro de merenda escolar, saúde, educação e tudo de maldade, não concordo. Como fica a vítima que perdoa? e a justiça divina? Então basta aceitar Jesus e está salvo? facilidades. É querer assumir um cargo importante sem concurso, entrando pela janela como antigamente. Eu digo: Não estou salvo, estou me salvando, reconheço meus erros e não vou dar meu dinheiro a pastor nem a igreja nenhuma para ouvir que estou salvo. Não quero facilidades. Pagarei meu débitos de acordo com minhas obras. Ouviram? De acordo com as obras.

    ResponderExcluir
  11. Se a biblia fala que nao podemos consultar os mortos de fato samuel nao poderia ser invocado,ou a biblia seria contraditoria

    ResponderExcluir